31 de março de 2008

MISTÉROS GOZOSOS DO ROSÁRIO

NA COMPANHIA DE BEATA ISABEL DA TRINDADE

1º -MISTÉRIO-A ANUNCIAÇÃO
Mãe do Verbo,ó! diz-me o teu mistério.
Desde o instante da Incarnação,
Diz-me como passavas sobre a terra
Mergulhada em oração.
Parece-me encontrar(na Virgem) o meu habitual movimento de alma que foi o seu: adorar em mim o Deus escondido
2º MISTÉRIO-A VISITAÇÃO
Somos as Suas hóstias vivas, os Seus pequenos cibórios, ah! que tudo em nós O reflicta,dêmo-lO às almas.É tão bom ser d'Ele, a sua presa, a sua vítima de Amor !(Ct 54)
Uma alma que vive unida a Deus apenas pratica o sobre-natural, e as acções mais vulgares, em lugar de a separar d'Ele, não fazem senão aproximá-la cada vez mais. (Ct 252)
3º MISTÉRIO-O NASCIMENTO
É tão bom ser a criancinha do bom Deus, deixar-se levar por Ele em todo o tempo, repousar no seu amor!(Ct 179)
Devemos receber tudo como se viesse directamente dessa Mão divina do nosso Pai, que nos ama e que através de todas as provas persegue o Seu fim:"unir-nos mais intimamente a Ele" (Ct 224)
4º MISTÉRIO-A APRESENTAÇÃO NO TEMPLO
E agora, já só tenho umdesejo, amá-lO, amá-lO sempre, em todo o tempo...fazer a Sua Felicidade, torná-lO feliz, fazendo-lhe, uma morada e um abrigo na minha alma...(Ct156)
5º MISTÉRIO-A VIDA ESCONDIDA EM NAZARÉ
Façamos Lhe no mais íntimo da nossa alma uma solidão e aí moremos com Ele, não o abandonando nunca, é o seu mandamento:"permanecei em mim e eu em vós"...Assim que importam as provas pelas quais passaremos?"O meu Único tesouro levo-o comigo e tudo o resto, é como se não fosse"!
Esta Raínha é também Rainha dos mártires; mas é em Seu coração que a espada a trespassou,porque nela tudo se passa no interior.

FRUTOS A COLHER:Confiança n'Aquele que nos envolve com a Sua Caridade; Fixar sempre o Seu olhar, entrar em todas as Suas alegrias e partilhar todas as tristezas;Aceitar a nossa miséria para atrair a Sua misericórdia;Alcançar da Mãe a graça de viver cada vez mais escondida.

"A Virgem Maria conservava todas estas coisas em Se coração"É a inteira história dela que assim se pode resumir nestas breves palavras! Foi no seu coração que ela viveu e em tal profundidade que o olhar humano não o consegue seguir...(UR 40)

FIAT -TESTEMUNHAL

A Água bate as pedras ao passar,
dôa a quem doer, no seu furor.

Permite o Senhor que o Seu Amor
testemunhe Seu sofrer,por sua Mãe...
naquele doer que só Ela conhece
em tudo quanto faz ,(só como Ele quer...
sem perguntar como acontece)
mas tudo por um pecador.

Numa vocação de sufragar a Dor,
o abandono dEla é Vontade dEle.

É entrega, imolação, esquecimento...
num Ser, Vida na salvação do mundo
em perfeita solicitude maternal.

Coabitada pelo Seu Deus
e numa fina sensibilidade humana,
é perfeita simbiose terra e céus
tendo a Cruz como Quinhão claustral.

Num coração carmelita, missionário,
sacerdotal,doméstico, terreal,
és sacrário íntimo, crescente mensageira
qual pão diário, de qualidade primeira,
corredentora salvífica e timoneira.

Ó Maria,quão firme, O cantaste!...
e as Belezas infindas do PAi, exaltaste!

Estrela, Modelo, Mestra, Apoio,
Humilde, Discreta, Dócil, Obediente,
Dolorosa, Paciente,
és Projecto no Monte SINAI.

Num olhar dialogável para Jesus,
sem niglienciares o Teu "EIS",
para Marta e Isabel foste Luz.

Ó Maria!
Testemunha nas difíceis
mas gloriosa Bem- Aventuranças,
jocunda dos excessos divinos,
protegei este coração
dos assaltos do desânimo,
tantas vezes, sem esperanças...

Assola-me com a Paz e Alegria
que só Tu , tão bem, sentiste.
No vero cadinho do Sofrimento
que incorporaste e investiste,
na longitude do Teu Ânimo.
desaprova qualquer solidão...

Ó Maria!
Clarão de Lus!
Transporte do Espírito Santo,
Mística, na Trindade impregnada,
nos dias de só com o Só, no silêncio a sós...
és trunfo presente e fecundo
de Teu Filho entre nós.

Bendita a Santa Eucaristia
onde Jesus , dia a dia,
mostra o DAR que de Ti irradia...

No prosseguir deste caminhar
impede meu Afim de naufragar
com o SIM, ANUNCIADOR.


de Maria do Rosário Guerra e Graça

30 de março de 2008

ANUNCIAÇÃO



CONTO-AS QUATRO VELAS



Num compartimento estavam quatro velas acesas. Dialogavam sobre a situação do mundo actual.
A certa altura diz a vela da Paz:
-Eu vejo o mundo com tanta guerra, tantas famílias em discórdias e divididas, que me sinto sem vontade de continuar acesa.Vou apagar-me. E assim fez
De seguida fala a vela da Fé:
-Também eu vou fazer o mesmo. Neste mundo materialista, hedonista, que põe a felicidade onde ela não existe , desgosta-me . E apagou-se
Diz a vela do Amor:
-Cada vez sinto este mundo mais insensível aos outros. Os pobres são cada vez mais. Os idosos estão cada vez mais sós. Os hospitais têm cada vez mais doentes abandonados. O egoísmo revela-se cada vez mais individualista, cada vez mais descarado. Vou apagar-me, pois já cá não sou precisa.
Nisto entra no compartimento uma criança. Olha e vê as velas apagadas.
-Mas o que é isto? As três velas apagadas?
E começa a chorar.
A quarta vela, a da esperança, ouve-a , conta-lhe o sucedido e acrescenta: Só eu é que continuo acesa.
A criança não faz mais nada. Com a vela da Esperança vai acender as outras velas e diz-lhes:
-Enquanto o mundo existir, todos fazemos falta. O mundo, ainda que nos pareça que não, está sempre à procura de valores.
A Paz, a FÉ e o Amor sentiram-se inaltecidas pela Esperança de um mundo melhor.
A criança enxugou as lágrimas, crente de que Jesus Cristo não veio ao mundo em vão e que, assim como triunfou da morte, também um dia, trará ao mundo a invejável Harmonia em todos os sectores da sociedade, por que anseamos.

REZEMOS PARTE DE VÉSPERAS

HINO-
Percorrei os caminhos do mundo
Ao encontro de Cristo Pascal
E cantai aleluias de festa
E comei do banquete imortal.

Vinde, pobres, entrai, rejeitados,
Aceitai o convite do Pai.
Vinde todos, humildes da terra,
Exultai com Jesus, exultai.

Este o dia em que exulta a Igreja
Como esposa de Cristo Jesus;
Este o dia das núpcias de Cristo;
Ele desce do trono da Cruz.

Vinde, vós, os exaustos da guerra.
Vinde, vós os obreiros da Paz.
Rasga a noite uma luz fulgurante,
Surge Cristo que a força voz traz.

Ant 1-Maria Madalena e a outra Maria foram cer o sepulcro.Aleluia

Salmo 109, 1-5,7

Disse o senhor ao meu Senhor:"Senta-te à minha direita,*
até que Eu faça de teus inimigos escabelos de teus pés".
O Senhor estenderá de Sião o ceptro do teu poder*
e tu dominarás no meio dos teus nimigos.

" A ti pertence a realeza desde o dia em que nasceste
nos esplendores da santidade;*
antes da aurora,como orvalho, Eu te gerei".
O Senhor jurou, e não Se arrependerá:*
"Tu és sacerdote para sempre,
segundo a ordem de Melquisedec".

O Senhor à tua direita,*
esmagará os reis no dia da sua ira.
A caminho, beberá da torrente;*
por isso erguerá a sua fronte.

Glória ao Pai e a Seu Filho Jesus.
Glória ao Espírito, excelso Fulgor.
Salvação para todos os homens:
Que eles vejam a luz do Senhor

Ant.-Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.Aleluia.

LEITURA BREVE -Hebr 10,12-14

Cristo , tendo oferecido pelos pecados um único sacrifício, sentou-Se para sempre à direita de Deus, esperando desde então que os seus inimigos sejam postos como escabelos dos seus pés. Por uma única oblação tornou perfeitos para sempre os que foram santificados.

DA LITURGIA DA HORAS

29 de março de 2008

PELO BAPTISMO, ASPIREMOS ÁS COISAS DO ALTO




II-DOMINGO DE PÁSCOA

Jesus ressuscitou "no primeiro dia da semana" e manifestou-Se logo nesse mesmo dia aos discípulos, desejando-lhes a Paz e comunicando-lhes o Seu Espírito e com Ele o poder de perdoar os pecados. Por isso," este primeiro dia" começou a ser chamado DOMINGO ou DIA DO SENHOR, substituindo o sábado judaico, pois com a Ressurreição começou uma nova Criação, uma nova Aliança e a Páscoa definitiva.
O ano litúrgico está organizado a partir da Páscoa e por isso, com um tom dominical e eucarístico.
este domingo é chamado Domingo"in albis" ,pois os neobaptizados apresentavam-se em vestes brancas. O cântico de entrada faz-lhes referência;"Como crianças recem-nascidas, desejai o leite puro...
O Baptismo é um renascimento espiritual. É também dominado Domingo de" Pascoela"ou Páscoa menor.
Mas todos os Domingos até ao Pentecostes são domingos de Páscoa.

Evang:Jo 20,19-31

Tema de Domingo
"BEM -AVENTURADOS OS QUE NÃO VIRAM"

Estas palavras da Ressuscitado são dirigidas aos discípulos de todos os tempos.Bem-aventurados são aqueles que, ouvindo a palavra do Evangelho, reconhecem imediatamente a voz do Seu Pastor e fazem profissão de Fé que é posta nos lábios de Tomé:"Meu Senhor e Meu Deus".(28)
O lugar privilegiado para ouvir esta voz e para encontrar o Ressuscitado é na Assembleia dominical da comunidade. Se o Ressuscitado não pode ser visto, existe, porém uma coisa que poderemos ver:-uma comunidade que, com a sua vida, testemunha que Cristo está vivo.
A profissão de Fé deve ser repetida frequentemente e em muitas circunstâncias pelos cristãos dos nossos dias. São muitos os poderosos e senhores do mundo que estão dispostos a conceder vantagens e privilégios aos que se prostram diantes deles e lhes tributam honras divinas. Por medo? Por oportunidades?...muitos cedem.
O cristão não o pode fazer.Ele tem o Seu Senhor e o Seu Deus.

PONTOS DE INTERROGAÇÃO
1-Onde se apoia fundamentalmente a minha Fé? No Senhor ressuscitado?
-Vivo a minha Fé comunitariamente ou só individualmente?
2-Jesus ressuscitado" No Primeiro dia da semana"passou a ser "O dia do Senhor". A partir daí
como cristão,de que forma vivo este dia? Qual a importância da Eucaristia Dominical?

PENSAMENTOS
1-Um homem sem Fé é como um viandante sem meta, como alguém que luta sem esperança de vitória. (Sº Agostinho)
2-Para aquele que acredita e é sensível e atento a Deus,mil objecções não constituem uma dúvida; para quem se encontra de pé atrás, mil provas não fornecem uma certeza(L.Eveli)

Considerações sobre a liturgia do II domingo de Páscoa elaboradas por Revº Padre Joaquim Teixeira -pároco de Seia-diocese da Guarda

DIVINA MISERICÓRDIA

CIMO DO MONTE SÓ PELO AMOR

DOMINGO DA DIVINA MISERICÓRDIA



28 de março de 2008

A BOLA DO DEUS AMOR

É isso que eu sou...
uma bola de jogar
que se pode atirar
para um campo qualquer.

Só que tão depressa
com ela me vou
e longe vou parar,
como já não consigo
movê-la sequer.

É então que me fico,
desvendo o solo Amigo,
me qualifico
de pertinaz,atrevida,
limitada,
mas por Ti apanhada.
E sorrio com esta jogada.


É esta partida a mais apetecida
que me leva a descansar
na arena onde a terra se beija
ainda que amarga seja
porque solo de Redenção.

Tu me amas.
Tu me chamas.
Tu me esvazias.
Tu me desprendes.
Tu me empobreces.
Tu me alumias.
Tu me dulcificas.
Tu me calas.
Tu me esfrias.
Tu me aqueces.
Tu me purificas.

Ai! Bolas de ténis, de futebol,
de ping-pong, de bilhar,
de golf e tantas mais...
sou a bola do mundo
pronta a ir parar
do nascer ao põr-do-sol
aonde Ele me quiser levar
com o Seu Amor profundo...
sem sair do meu lugar.

de Maria do Rosário Guerra e Graça

A VERDADE EM MARCHA

Ama a verdade quem não finge.
Ama a verdade quem se aceita a si mesma.
Ama a verdade quem se deixa conhecer como é.
Ama a verdade quem diz sempre o que pensa.
Ama a verdade quem aceita os outros como são.
Ama a verdade quem constrói confiança à sua volta.
Ama a verdade quem é capaz de olhar os outros nos olhos.
Ama a verdade quem não tem medo de ser julgado.


Mas a verdade é muitas vezes traída.
Mas a verdade tem por vezes muitas sombras.
Mas a verdade perde-se na deslealdade para com os outros.
Mas porque és verdade na verdadeira ascepção,nada temas.

Se acreditas na verdade e na sinceridade,
Se acreditas que a verdade é mais forte que a mentira...
Porque não vais à luta de outros jovens?

Então se tens a tua juventude na mão
e o coração é fonte de Vida...

Ama essa vida,
constroi um mundo novo à tua volta
e serás feliz.


de ao sabor das ondas

27 de março de 2008

COMPLETAS-HINO-5ª FEIRA-

Jesus, Redentor da vida,
palavra do Pai eterno,
fulgor da Luz invisível,
Nosso guarda vigilante.

Criador de todo o Mundo,
Juiz de todos os tempos:
Depois das nossas fadigas
Dá-nos a noite serena.

Ó vencedor dos infernos,
Salva-nos do Inimigo;
Redimidos pelo Teu sangue
Jamais o mal nos seduza.

Ainda que o sono vença
Os nossos corpos cansados,
Nunca as nossas almas cedam
Ao peso da sonolência.

Jesus vencedor da morte,
Vive em glória eternamente
Com o Pai que revelaste
E com o Espírito Santo.

Ant. Este é o dia que o Senhor fez.
exultemos e cantemos de alegria.Aleluia.


da LITURGIA DAS HORAS

MISÉRIOS LUMINOSOS-LUZ-DO SANTO ROSÁRIO


1º MISTÉRIO-O BAPTISMO DE JESUS
-"E uma voz veio do céu dizendo: Este é o meu Filho muito amado, de quem Eu me agrado"(Mt 3,12).

2º MISTÉRIO-AS BODAS DE CANÁ
-"Mulher, que temos nós com isso? Ainda não chegou a minha hora. Sua Mãe disse aos serventes: fazei tudo quanto Ele vos disser"(Jo 2,1-12).

3º MISTÉRIO-A PROCLAMAÇÃO DO REINO DE DEUS
-"Cumpriu-se o tempo. Chegou o Reino de Deus. Arrependei-vos e acreditai no Evangelho"(Mc1 , 18)

4º MISTÉRIO-A TRANSFIGURAÇÃO DE JESUS
-"Enquanto Ele orava, o Seu rosto mudou de aparência e as suas vestes ficaram brancas e resplandecentes"(Lc 9, 28-36).

5º MISTÉRIO-A INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA
-"Antes da festa da Páscoa, Jesus sabia que chegara a Sua hora de passe deste mundo para o Pai.Tendo amado os Seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim"(Jo 13, 1-38 ).

FRUTOS DESTES MISTÉRIOS-A renovação em nós da Graça do nosso Baptismo;A graça da Fidelidade e da união nas nossas FAMÍLIAS; A graça de um renovado fervor apostólico através da acção mas principalmente da oração e do sacrifício; A Graça da nossa transfiguração pela conversão; Um Amor reparador cada vez maior à SAGRADA EUCARISTIA.

Foi o Santo Padre, João Paulo II que adicionou esta série de novos mistérios que resumem a Vida pública do Messias, e a sua razão de ser:ANUNCIAR O REINO DOS CÉUS

E JESUS RESSUSCITADO PERMANECE POR AÍ

Pelos campos fora
ainda que de natureza fria,
as flores mostram seus fragores,
exalam seus odores,
entregam á terra suas origens.

A Primavera, afoforada,
com borrifos regada,
sem frio nem vertigens,
destemida,revigora
a terra adormecida
num inverno silenciada.

A Ressurreição,então hinada,
aclamada entre Alegrias inefáveis,
floresce pelo mndo inteiro.

As flores brancas das boninas,
as ondas do mar e riachos ardinas,
as andorinhas cruzando oa ares
entre arrufos vivenciáveis,
o cuco alertando a sua chegada,
são prenúncio da Luz...
há muito Vitoriosa.

Aquele que morreu numa Cruz
tornou à VIDA Esplendorosa.

E nós, terra adubada,cremos
não por mera utopia,
nem sob os sentimentos de Tomé,
mas pela teologia do Amor, da Fé
e por vera Esperança,
que também um dia passaremos
das várias provações à Alegria
que Ele nos deixou por Herança.

Aclamemo-lO, pois, com júbilo
ao sabermos que andou por aí,
numa mensagem de Paz .
Apaziguando o temor
certificando o Amor
que como Tomé,nos leve a rezar
"Meu Senhor e meu Deus",
crentes na Reconciliação Sagrada

Por Vossa infinda misericórdia
vieste ao mundo para nos salvar,
com a Graça que de Ti erradia.

Só Jesus é o Corpo Adorado,
na Trindade consubstanciado,
continuando, por todo o lado...
perdoando os nossos pecados,
Amando os carentes
beijando os inocentes,
os abandonados,
os sofríveis,
os irreconciliáveis,
os marginalizados,
os tantos e tantos desconhecidos,
mas por Ele também redimidos.
e por tantos e tantos esquecidos.

Misericórdia, meu Deus!
Fundi o materialismo
em dom partilhado.
E destruí o hedonismo
no egoísmo centrado.


de Maria do Rosário Guerra e Graça

26 de março de 2008

AMIZADE DE TERESA DE CALCUTÁ-CARIDADE



-Todo o gesto de amor com sinceridade de coração,
tem a capacidade de aproximar as almas de Deus.
-As pessoas não têm fome de nós. A fome que elas
têm é de Deus ainda que por vezes julguemos o contrário.
-Deus tem necessidade da nossa pequenez
e não da nossa grandeza.
-Os ricos querem às vezes partilhar,
a seu modo, a desgraça dos outros.
Isso não é, nem tão pouco, Amizade.
-Eu nunca cuido das almas em massa .
mas de cada pessoa individualmente.
E não desprezo ninguém.
-Se quisermos amar de verdade,
temos de perdoar de verdade, todo e qualquer irmão.
-Cristo soube muito bem o que significa ser indesejado,
desprezado e ignorado porque veio ter com os Seus
e os Seus não O conheceram
-Aceitemos Jesus nas nossas vidas:
Como verdade-para ser dita
Como Vida-para ser vivida,
Como luz-para ser acesa,
Como Amor-para ser amado,
Como caminho -para ser caminhado,
Como Alegria-para ser dada
Como paz-para ser espalhada
Como sacrifício-para ser oferecida pelo nosso próximo.

Mas às vezes é muito difícil sorrir.Há muito palavreado!

PENSAMENTOS DE SANTA TERESA DE CALCUTÁ

AMIZADE-PENSAMENTOS



-Amizade rima com liberdade.
Um amigo é alguém que te deixa livre.
-Um amigo desconta o que dizes em quantidade
e responde apenas à qualidade
-Um amigo marca a sua presença, em toda e qualquer
ocasião,independente da sua posição social.
-Um amigo permanece amigo porque não se mete
na vida dos outros.
-Um amigo ouve a canção no peito
e canta-a quando me falta a memória
-Um amigo fala verdades e afaga
as nossas mentiras se ditas de coração dorido.
-Ao encher um copo há uma gota que transborda.
A amizade surge quando o outro só precisa de nós.
- Não és amigo se o teu posto te reverte ao silêncio
com receio de ficares na lama.
-Um amigo é aquele que não precisa de magia
porque a caridade tudo ama.
-Um amigo é força que ajuda a superar a solidão, a doença,
a miséria física e espiritual, mesmo sem falar .
Para um sofredor basta saber que ele está presente.
-É nas horas díficeis que a amizade floresce numa
atitude de desprendimento mas totalmente empenhada.
Caso contrário, mais vale nem aparecer.
-"Vou a tua casa","fica","está?","hoje vamos dar uma volta"
e tantas outras formas quais maneiras de mostrar a nossa amizade.
-O amigo indiferente ao que possam pensar dele,
cumpre o que promete e fica a bem consigo mesmo
e nunca espera correspondência.
-Toda a estrada é difícil se não tivermos um amigo.
-Quando um amigo te fala hoje, não o despaches
para amanhã, porque pode ser tarde a tua acção.
-O verdadeiro amigo é aquele que fica quando
todos os outros se põem em debandada.
-O verdadeiro amigo procura minorar os problemas
dos outros
-O Amigo disse-"Já não vos chamo servos
mas AMIGOS porque vos ensinei todas as coisas do PAI".
-O amigo não guarda rancores nem segredos.
-A felicidade foi feita para ser partilhada
sem presunções,mas de igual para igual.

de Ao Sabor das Ondas

SÓ TU , O TUDO

Quando a inutilidade assume
e a vontade perde vigor,
Quando nos assola o" a mais"
só Tu nos podes valer ,Senhor.

E são tantos os sinais
da nosa valência incapaz...

Todo o lidar se resume
num ápice que existiu
nas ânsias de conquistar
os mares,terra e ar
mas que a explosão destruiu.

Que doi mas que bem faz...

Humildade... Rosarito!
Abandona-te!Confia em Mim!
Isto é sempre um Pedacito
da cruz do teu SIM.

Deixa ao menos
que todos estes ensejos
entre cansaços e desejos
mergulhados na Tua bondade
apaziguem a maldade
por este mundo espalhada.

Sei que todos estes somenos
sem Ti, não têm valor.
Mas também, a fera esfomeada
come as migalhas, regalada
caídas da Tua Mesa , Senhor...

Não sou nada
e só Tu, o TUDO.


de Maria do Rosário Guerra e Graça

25 de março de 2008

FAMÍLIA, TORNA-TE AQUILO QUE ÉS

i-Deus, ao criar o primeiro par humano, Adão e Eva, confiou-lhes a sublime missão de serem o berço da vida humana, quando lhes disse:"Crescei e multiplicai-vos".(Gén.1-28)
O matrimónio que une o homem e mulher é, pois, por natureza, comunidade de vida e de amor que, para ser verdadeira, correspondendo aos desígnios de Deus, terá que assentar nestes pilares:unidade e excluvisidade no amor fiel e fecundo. Para sempre.Sendo berço da vida humana, a família instituída pelo sacramento do matrimónio é a primeira escola das virtudes humanas e cristãs, o primeiro santuário onde os filhos aprendem a rezar e a louvar a Deus, o lugar original e fundamental para experiência da Fé, o primeiro espaço para a aprendizagem do diálogo, do convívio, da solidariedade.

2-Na Exortação Apostólica"Familiaris Consortio"de 22 de Novembro de 1981, o Papa João Paulo II apela veementemente:"Famía torna-te aquilo que és"(nº 17). Realmente, só quando a família adquire a sua identidade segundo o plano de Deus Criador e de Cristo Redentor, ela descobre perfeitamente os quatro deveres principais que lhe incubem:Na formação da comunidade de pessoas, no serviço à vida, na participação no desenvolvimento da sociedade e também na vida e na missâo da IGREJA.
"O Matrimónio é um pacto de amor conjugal ou escolha consciente e livre pelo qual o homem e a mulher aceitam a comunidade íntima de vida querida por Deus"-Papa João Paulo II
Nestes tempos que são os nossos, marcados por tantas agressões ideológicas a tudo quanto é permanente, talvez para muitos seja difícil aceitar que o casamento e a família são uma comunidade perene de vida e de amor. De facto, a instituição familiar não é apenas um somatório de pessoas, unidas por laços convencionais, como qualquer associação cultural recreativa ou assistencial.
Deus ao criar esta primeira instituíção, dotou-a de propriedades específicas que a tornam única entre todas as instituíções criadas pelos homens. Por desígnio de Deus, a dignidade e essência do matrimónio assentam sobre três pilares:a unidade, a indissubilidade e a fecundidade. Se os que casam põem em causa qualquer destes pilares,não há matrimónio, mas apenas uma associação convencional sem estabilidade exigida pela Igreja e também pela própria sociedade.
Abramos a Bíblia. Deus,ao constituir a primeira comunidade conjugal, "uniu um só homem a uma só mulher"(gen.2, 21-24) e disse-lhes " crescei e multiplicai-vos"(Gen.1-28). Cristo que começou por redimir a família, acrescentou"não separe o homem o que Deus criou"(Mateus,19-3).

Texto extraído do livro"MATRIMÓNIO:CAMINHO DE SANTIDADE E FELICIDADE"de Padre Doutor A.Mendes Fernandes que me autorizou a copiá-lo.

"NÃO SEPARE O HOMEM O QUE DEUS UNIU"

24 de março de 2008

O SACRAMENTO DO MATRIMÓNIO

"SERÃO DOIS NUMA SÓ CARNE"(Gen 2,23)

TEXTO BÍBLICO-"Grava-me, como um selo em teu coração, como um selo em teu braço; Pois o amor é forte, é como a morte! Cruel como o abismo é a paixão;Suas chamas são chamas de fogo, uma faísca de Iahweh! As águas da torrente jamais poderão apagar o amor, nem os rios afogá-lo.
Quisesse alguém dar tudo o que tem para comprar o amor... Seria tratado com desprezo(Ct. 8,6-7)

INTRODUÇÃO
A forma como o Vaticano II aborda o Matrimónio e a família põe em relevo uma nova atitude e compreensão do matrimónio e da família. rejeita a primazia da procriação sobre os aspectos unitivos da sexualidade e insiste na sua devida harmonia e integração (GS 51) .
Com razão propõe a pessoa humana como centro integrador de todos os valores(do casamento e da família) e reconhece explicitamente os valores pessoais e inter pessoais que se situam no núcleo mesmo da sexualidade e sobre o muito que podem contribuir para o desenvolvimento positivo da pessoa (GS 49)
Expõe uma fina sensibilidade no que diz respeito às dimensões sociais e comunitárias da Sexualidade humana e do Matrimónio (GS 47, 49)

I-O Matrimónio nos desígnios de Deus

Conta-nos S. Marcos no seu Evangelho( 10, 1-12) que um dia os fariseus perguntaram a Jesus se era ou não permitido ao homem repudiar a sua esposa e Jesus apela para o príncipio.Como era no início-"O homem deixará pai e mãe para se unir à sua esposa e serão os dois uma só carne"(Mt 19,5)

I-O DESÍGNIO DE DEUS

Para percebermos o que é que é o Matrimónio como Sacramento, isto é, na sua capacidade de revelar Deus, importa partirmos daquilo que no princípio foi dito acerca do ser humano como casal. Estamos no campo da Fé e a função da Fé religiosa sobre a instituição matrimonial . Aparece claramente expressa nos relatos bíblicos sobre o "casal inaugural":(gen 1,26 e Gen 2,18-25 )
O relato mais antigo é este segundo, Gen. 2, 18-25 )-(que convem ler ) e dele queremos tirar o seguinte ensinamento:
A necessidade da relação interpessoal no homem; o homem não é chamado a viver em solidão, mas em diálogo de amor interpessoal-"Não é bom que o homem esteja só"(cen 2,18a)
O diálogo do amor supõe a IGUALDADE; para que possa acontecer uma relação interpessoal, o homem deve amar o outro semelhante a ele( cf Gen, 3, 18b ); por isso a mulher é da mesma natureza e dignidade que o homem como se vê na cena do desfile dos animais diante de Adão (Gen 2,19-20 ), os animais podem fazer companhia ao homem, mas não podem entrar em comunhão com ele, não são capazes de um relacionamento interpessoal.
- O relato da formação misteriosa da mulher (2, 21-22 ) indica a necessidade de integração dos dois seres para encontrar a complementaridade e totalidade do ser humeno:"Esta sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne(2, 23).
O-O diálogo da amor procura a união na unidade."Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe, para se unir à sua esposa e serão os dois uma só carne"(2, 24-25 ).
Aparece assim o Matrimónio monogâmico como situação ideal do amor conjugal.

O outro relato (Gén I, 26-31 ) insiste duma maneira partucular nos seguintes pontos:
O homem, ser humano, é Imagem e Semelhança de Deus-"E Deus criou o homem à Sua Imagem e Semelhança (1,27b)", e acrescentou:" Criou-o homem e mulher (1, 27 b) ;; a sexualidade enquanto tal é um aspecto integrante dessa "semelhança" que o homem tem com Deus.
-O autor sagrado volta a insistir na igualdade dos cônjuges. É que ambos nascem do mesmo acto Criador de Deus (1,27b) e assim partilham o mesmo domínio sobre a Criação(1, 28-29)
-o aspecto que mais chama a atenção neste relato é o da fecundidade"crescei e multiplicai-vos" (1,28)"
Nestes dois relatos está descrito o protótipo do casal tal como foi criado por Deus.
Mas também é este casal primeiro, original, que peca, desobedece e descobre a nudez.
O casal humano ideal sofre o drama do pecado. Deste drama irão participar sempre o amor e a sexualidade humana e o que Deus ao Criar viu que era "muito bom"( 1,31) irá levar consigo sempre esta queda original.
Este é o mistério do casal Humano, mistério de luz e de sombra, que conseguem realizar este ideal e outros que repetem o drama da separação do paraíso.

TEXTO EXTRAÍDO DO LIVRO"FORMAÇÃO CRISTÃ~A-CATEQUESE DE ADULTOS NA DIOCESE DA GUARDA- PARTE DO 9º TEMA

SEGUNDA FEIRA DE PÁSCOA-ORAÇÃO

Maria Madalena; aonde vais, na companhia das mulheres piedosas? Aonde vos dirigis tão apressadamente? Ides para o sepulcro...Ao chegar, eis que a terra treme, abre-se o sepulcro e aparece um anjo...Jesus não está ali, Ressuscitou como tinha dito.
Buscais morto, Aquele que está vivo...
Eis-me a Teus pés, ó meu Jesus; também eu Te vejo ressuscitado. Ressuscitaste e não morrerás jamais...És feliz para sempre; já não mais cairá sobre Ti a sombra do sofrimento...
Estás sentado na mais sublime Felicidade...Ó meu Deus! Eu também sou feliz porque Tu és feliz...Sem dúvida que eu desejo ser feliz, estar um dia conTigo no céu; mas existe, ó meu Deus, qualquer coisa que vale mais do que a minha felicidade: é a Tua ...A Felicidade do céu consiste em amar-Te e contemplar-Te na bem-aventurança celeste.
Na Tua ressurreição e na Tua felicidade eterna eu tenho uma fonte de Felicidade inexaurível que ninguém me poderá tirar...Eu possuo já para sempre e que constitui a minha felicidade...um bem que ultrapassa qualquer outro bem, o mais ardente desejo da minha vida, o que constitui a felicidade dos anjos e santos, o que fará da minha vida um céu; mas tudo isto, com a única condição de Te Amar.

de Charles de Foucauld, ( As festas do ano)

23 de março de 2008

O NADA COM DEUS

O SILÊNCIO, dono do coração,
no coração, um vazio de Paz,
a Paz, num redimido cansaço...
um cansaço do barulho poluído...
exige a quietude pertinaz.

Criatura alguma pode consolar
porque Deus quer imperar
num espaço que é só dele.

O Silêncio, onde o Nada a construir,
é FORÇA que as forças recupera
na Cruz que me foi atribuída
e onde só Tu coabitas,Senhor.

É puro sinal do Teu Amor
que só por Ti, me enseja assumir.

A sós com o Só, no TUDO tomada,
em unidade consumada
traz a Paz plena,conjugada,
que a dor noturna dissipa,
a aurora matina anticipa
e o cansaço adormece.

O silêncio acontece,
e o íntimo dulcifica
porque no Nada se Deifica.

E Só no Amor se fica...


de Maria do Rosário Guerra e Graça

DEUS-O MELHOR ENCONTRO

DESCONTRACÇÃO-CURIOSIDADES

*Um lápis inteiro conseguiria desenhar uma linha de 56 km ou escrever, aproximadamente 50 mil palavras
* Uma dona de casa percorre 16 km diariamente para executar todas as tarefas domésticas.
*Cabem aproximadamente 70 gotas de água numa colher de chá
*A menor ave do mundo é o beija-flor abelha, de Cuba.Os machos têm um comprimento total de 5,7 cm, pesando 1,6 g
*A maior altitude confirmada por uma ave foi 11.227 m, por um abutre de Ruppel que colidiu com uma aeronave comercial sobre Abidjan
* Quando um vidro se quebra, os caquinhos se espalham a uma velocidade superior a 4830 km/h
*20 aninhos? Pois sabia que você já viveu mais de 10 milhões de minutos? Na mesma proporção, quantos minutos aos 40 anos? Grande responsabilidade!
* Os menores países do mundo são:Vaticano (0,44 km2), Mónaco(1,89 km2), Nauru(22 km2) e San Marino (60,5) km2
* A ave mais rápida terrestre é a avestruz ,a qual pelo seu tamanho, pode correr à velocidade de até 72 km/h.
*Um falcão pode localizar um pombo a uma distância superior a 8km, sob condições ideais.

Mas a maior curiosidade é esta: estou a fazer este relato para me descontrair. O mafarrico gosta de nos atormentar, até mesmo neste dia da Ressurreição do Senhor. Esta foi uma das maneiras que utilizei. Creio que deu resultado. Enquanto pensei nos outros, a tentação foi-se e agora estou mais disponível.

FELIZ PÁSCOA COM CRISTO RESSUSCITADO




CREDO-SÍMBOLO NICENO-CONSTANTIPOLITANO

Creio em um só Deus,
Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra,
de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigénito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos:
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
Por Ele todas as coisas foram feitas.
E por nós, homens , e para
nossa salvação desceu dos Céus.

E encarnou pelo Espírito Santo,no seio
da Virgem Maria, e Se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
padeceu e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras;
e subiu aos Céus, onde está sentado à direita do Pai.
De novo há-de vir julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.

Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho;
E com o Pai e o Filho é adorado e glorificado:
Ele que falou pelos Profetas.

Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica.
Professo um só baptismo para remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos,
e a vida do mundo que há-de vir. Amen.

22 de março de 2008

SÁBADO SANTO-CONVERSÃO



Ao Seu amigo, Jesus ordenou:
"Lázaro,sai para fora"(Jo 11,43-44).
Após quatro dias sepultado
pelo poder de Cristo, ressuscitou,
e muitos Judeus acreditaram.

Jesus, outro Lázaro agora
desfigurado, chagado e morto,
num sepulcro metido...
já fora do mundo...
continuou a servir, Amando.

Ali, continuou o Seu apelo
num sentimento construtor,
a um recolhimento interior,
(alma de todo o apostolado).

Aquele silêncio abismal
sepultado num coração horto
fiel à Sua infinda bondade,
tornar-se-á afinidade
na CRISTOLÓGICA Ressurreição.

A miséria até ás pontas dos cabelos
na patena do Deus santificador,
trará abundante misericórdia
do Santo Ressuscitado
para todo e qualquer pecador
que aceite a Redenção.

Do sepulcro, Ele saiu sem elos
pujante na Sua Vitória.
radiante,resplandecente
por Auto-Libertação.
Ele venceu a morte
e devolveu-nos a liberdade
com direito á salvação.

Da nossa conduta, por Sua Glória,
discernindo o ouro da escória,
sairá o júbilo do Amor
o apogeu da Sua LUZ!

É mais um Santo a resselar
inquieto por cada coração
sem trilhos de conversão...

Mas que Ele não descurou
até á morte na Cruz
em plena imolação

de Maria do Rosário Guerra e Graça

21 de março de 2008

SEXTA FEIRA SANTA-PRECES DAS VÉSPERAS

LEITURA BREVE

Cristo sofreu por nós, deixando-nos o exemplo para que sigamos os seus passos.
Ele não cometeu pecado algum, e na sua boca não se encontrou mentira. Insultado, não pagava com injúrias;maltratado, não respondia com ameaças. Mas entregava-se Àquele que julga com justiça.Suportou os nossos pecados no seu Corpo sobre o madeiro da cruz, a fim de que mortos para o pecado, vivamos para a justiça.Pelas suas chagas fomos curados.

Ant. Por nosso amor, Cristo obedeceu até à morte e morte da cruz.

PRECES
Ao comemorar a morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, donde brotou a vida do mundo, oremos a Deus Pai dizendo:
PELA MORTE DE CRISTO,VOSSO FILHO, OUVI-NOS SENHOR!

Fortalecei a unidade da Igreja,
Protegei o Santo Padre Bento XVI,
Santificai no Espírito Santo os ministros da Igreja e todo o Povo Cristão,
Aumentai a FÉ e a sabedoria dos catecúmenos,
Congregai todos os cristãos na unidade,
Conduzi os judeus à plenitude da Redenção,
Ilumunai com a vossa luz os que não crêem em Cristo
Revelai aos ateus os sinais da vossa presença nas obras da criação,
Dirigi o espírito e o coração dos governantes,
Confortai os atrbulados,
Socorrei os defuntos.

Pai Nosso...

ORAÇÃO

Olhai benignamente, Senhor,para esta família pela qual Nosso Senhor Jesus Cristo se entregou às mãos dos seus inimigos e sofreu o suplício da cruz. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

DA LITURGIA DAS HORAS

DIA MUNDIAL DA POESIA - SER POETA

telas a óleo

Ser poeta
é ter dentro de nós
a palpitar
o fervilhar da voz:
nas energias solares,
nos fulgores dos mares,
no Adamastor desastroso,
nas potências fabulosas,
no silêncio pedregoso,
no sofrer atroz,
nas águas glaciares,
no deserto ardente.
incomplacente
......................................

que suaviza,
vitaliza,
aquenta,
recupera,
retempera,
profetiza
a engrenagem
dum mundo em transformação,
e sensível paragem
na Natureza sem dimensão.

Ser poeta
é dar, a cada sentimento
pujança ou lamento,
doçura na cor,
suavidade na dor.

O inatingível sonho
é marcha do tempo...

Ser poeta é levar alegria
a um coração tristonho ,
porque pela verdade
e sem liberdade...
com emoção,
se enebria
nos horizontes sem rumo,
percorre as estradas
entre fundas talhadas
por frisos de fumo
e silêncio medonho.

Ser poeta
é saber ensaiar
todo o plano orquestrar
numa sinfonia...
ora quente, ora fria,
pelas selvas mortais,
a alma de Bach, Mozart,
Beethoven, Liszt...
e tantos mais.

Ser poeta
é ter ensejo,
sem espectros nem pejo
de atingir,com eficiência,
a plenituda do bem,
o belo da competência
a ferver em cada consciência.

Ser poeta
é sorver a beleza dos ares,
povoar terras de Ninguém,
vestir de ouro os montes,
de prata as fontes,
de púrpura a Paixão.
e de branco a RESSURREIÇÃO.

Ser poeta
é nimbar a taça
dum fulcro ,que repassa
os lábios do cristal.

E
num apogeu final
e êxtase central,
brindar com elequência
o"DEO GRÁTIAS"com Reverência...
ao POETA Criador,
ao Jesus Cristo Redentor,
e ao Espírito Santo Santificador
que o poema inspiraram
e o mundo alertaram

dum CRER vivificador.

de Maria do Rosário Guerra e Graça

20 de março de 2008

UMA VIDA QUE É DOM


Surpreendido,
Tua Palavra me fala
qual livro aberto,
que na noite me desperta
em vigília de canseira,
me prostra em oração,

enfrentando com precisão
a Verdade que liberta,
como dádiva ao coração,

as primícias de uma
disponibilidade primeira.

Consciencializado, apercebo-me
quanto estar á Tua beira
é mais que fogo na lareira
o crepitar,
a impedir o esfriar
de uma missão sacerdotal
total.

Ao ritmo do Teu coração,
dinamizado
aceito o desafio da cruz
e.para além do sacrifício,
ser Hóstia em consagração
e permanência de companhia.

De frontes banhadas
pelo suor do esforço
na dificuldade da íngreme subida,
sinto-me hoje revigorado.
E,como Jesus no Horto,
sou Alguém...

SACERDOTE

que se oferece redimindo
todos os que oferecidos,embora desconhecidos,
sabem chegado o momento
do dia a dia,
que nada tem de repetido
mas, em novidade de vida,
os liberta da rotina
a consumar a dádiva suprema
que a vida refaz
dado o Carisma de Santidade
a que me destina.

És agora o Cristo.

Eu apenas o "outro crucificado" .

Quero doar-me por inteiro,correndo o risco,
a ser por Ti, ConTigo, Dom Redentor
ASSUMIDO...

pela Vontade do Pai
IDENTIFICADO.


PADRE OLÍMPIO em 1998

O SACRAMENTO DA ORDEM


telas a óleo


TEXTO BÍBLICO-"Jesus percorria as aldeias vizinhas a ensinar. Chamou os Doze, ccomeçou a enviá-los dois a dois e deu-lhes poder sobre os espíritos malignos.Ordenou-lhes que nada levassem para o caminho, a mão ser um cajado: nem pão, nem alforge, nem dinheiro no cinto; que fossem calçados com sandálias e não levassem duas túnicas. E disse-lhes também:" Em qualquer casa em que entrardes, ficai nela até que partirdes dali. E se não fordes recebidos numa localidade, se os seus habitantes não vos ouvirem, ao sair de lá sacudi o pó dos vossos pés em testemunho contra eles."
Eles partiram e pregavam o arrependimento, expulsavam numerosos demónios, ungiam com óleo muitos doentes e curavam-nos"(Mc 6, 6b-14)

I-EXPOSIÇÃO DOUTRINAL

QUAIS SÃO OS SACRAMENTOS AO SERVIÇO DA COMUNHÂO?

Dois sacramentos, a Ordem e o Matrimónio, conferem uma graça especial para uma missão particular na Igreja em ordem á edificação do povo de Deus. Eles contribuem em especial para a comunhão e para a salvação dos outros.

I-AS DIMENSÕES DO SACRAMENTO DA ORDEM

a) O MINISTÉRIO DOS DOZE NO NOVO TESTAMENTO

Desde os inícios da Igreja, os Doze, chefiados por Pedro, formam um grupo reconhecido como tal
(1 Cor 15, 5) e desempenha uma autoridade no interior da comunidade cristã. Trata-se de um grupo de discípulos escolhidos pelo próprio Cristo segundo os Evangelhos e remonta ao ministério de Jesus na Galileia. Depois de os chamar, Cristo confere-lhes a missão de:
*Pregar(Mt 28, 19)
*Perdoar os pecados(Mt18, 18;Jo 20, 20-23)
*Celebrar a Eucaristia(Lc 22,19)
*Ungir os doentes(Mc 6, 12)
Expulsar os espíritos impuros (Mc 6, 7) Dar testemunho até aos confins do mundo (Act 1, 8).
De entre os Apóstolos, Pedro é a rocha sobre a qual se identifica a Igreja e quem recebe as chaves do Reino (Mt 16,18) e quem deve confirmar os seus irmãos(Lc 22,32).
Os Doze aparecem nos Actos dos Apóstolos como as testemunhas privilegiadas da Ressurreição do Senhor, têm um papel directo na comunidade de Jerusalém e nas comunidades que se criam. Desde o início, com Pedro à frente,longe de ser uma soma de indivíduos, são um grupo reconhecido como tal.
O texto mais denso do livro dos actos dos Apóstolos é um breve discurso de Pedro aquando da substituição de Judas, para enconrar de novo a plenitude dos Doze (Act 1, 15-22).
O escolhido deve cumprir estas quatro condições:
*Ser testemunha da Ressurreição de Jesus, uma vez que este é o primeiro objectivo do seu ministério.
*Ter convivido com Jesus durante o período do seu ministério, "desde o Baptismo de João até ao dia em que nos foi arrebatado para o Alto"(Act 1, 21-22)
*Pertencer ao grupo dos discípulos a quem Ele chamou pessoalmente a segui-lO,constituindo-se testemunha da sua actividade e ouvinte das suas palavras.
*Ter recebido o Espírito Santo, quem, segundo a promessa de Cristo (Lc 24, 48-49), deve capacitá-lo para realizar a missão de testemunho de Cristo ressuscitado e toda a sua vida, palavras e obras .
S.João distingue os Doze dos outros discípulos. Estes foram escolhidos por Jesus(Jo 6,70) e dirige-se-lhes de forma especial em alguns momentos (Jo 6,67). Eles constituem historicamente o grupo dos primeiros discípulos que se reniram junto de Jesus. As frases do discurso da ÚLTIMA CEIA aplicam-se-lhes perfeitamente:
*Foram escolhidos e instituídos por Jesus para dar fruto(Jo 15, 16)
*Têm de dar testemunho, porque andaram com Ele desde o Princípio(Jo 15. 27)
*São os que o Pai deu a Jesus(Jo 17,9)
*E nenhum se perdeu, a não ser o filho da perdição(jo 1117,12).
Os Apóstolos são consagrados na verdade, consagrados para guardar a Palavra e serem enviados ao mundo (Cf,Jo 17, 18, 20-21 )
Os Doze,como enviados de Cristo ressuscitado, têm a particularidade de serem sempre testemunhas da obra de Deus, através da Ressurreição de Jesus e envio do Espírito Santo, e, portanto, insubstituíveis.
Neste sentido, a Graça do apostolado está incluída no próprio acontecimento da Páscoa e do Pentecostes.


QUINA FEIRA SANTA-INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA E DO SACERDÓCIO

É TEMPO DE NÓS, POVO DE DEUS-ACORDARMOS PARA ESTAS DUAS VERDADES;

*INSTITUIÇÃO DO SACERDÓCIO - REJUBILARMO-NOS; TORNARMO-NOS COOPERANTES COM A HIERARQUIA ECLESIÁSTICA ,CONVERTEMO-NOS AO AMOR SENDO CADA VEZ MAIS TESTEMUNHOS DE JESUS CRISTO ,GLORIFICANDO COM ELES A MISERICÓRDIA DO SENHOR , REZARMOS MUITO POR TODOS OS SACERDOTES E PEDIR AO SENHOR MUITAS E SANTAS VOCAÇÕES SACERDOTAIS.

*A EUCARISTIA-ACTUALIZAÇÃO PASTORAL DE CRISTO -O EXERCÍCIO DESTE MINISTÉRIO NÃO É OBSTÁCULO, MAS ALIMENTO DA MESMA SANTIDADE DO SACERDOTE

TEXTO EXTRAÍDO DO LIVRO"FORMAÇÃO CRISTÃ-CATEQUESE DE ADULTOS NA
DIOCESE DA GUARDA-8º-TEMA

19 de março de 2008

CRUZ REDENTORA




(Telas a óleo )



4ª FEIRA SANTA-HINOS - LAUDES E VÉSPERAS


LAUDES

Entregou-Se ao sacrifício
O Cordeiro redentor,
E corre sangue divino
das fontes da salvação,
onde se pode lavar
Todo o pecado do mundo.

Cruz fiel e redentora,
Árvore nobre, gloriosa!
Nenhuma outra nos deu
Tal ramagem, flor e fruto.
Doces cravos, doce lenho,
doce fruto sustentais!

Árvore Santa, gloriosa,
Abranda tua dureza,
Dobra a força dos teus ramos
Na morte do Redentor,
Sustenta compadecida
O Corpo do Homem-Deus.

Porto feliz preparaste
Para o mundo naufragado
E pagaste por inteiro
O preço da Redenção,
Pois o sanguae do Cordeiro
Resgatou as nossas culpas.

Elevemos jubilosos
À Santíssima Trindade
O Louvor que Lhe devemos
Pela nossa Salvação,
Ao eterno Pai, ao Filho
E ao Espírito de Amor.
Amen

VÉSPERAS

O estandarte da Cruz proclama ao mundo
A morte de Jesus e a Sua glória,
Porque o Autor de todo o Universo
Contemplamos suspenso do madeiro.

Com um golpe de lança trespassado,
Ficou aberto o Coração de Cristo
Manando sangue e água como rio,
Para lavar os crimes deste mundo.

Ó Árvore fecunda e refulgente,
Ornada com a túnica real,
Sois tálamo, sois trono e sois altar
Para o corpo chagado e glorioso.

Ó Cruz bendita,só tu nos abriste
Os braços de Jesus, o Redentor.
Balança do resgate que arrancaste
Nossas almas das mãos do inimigo.

Cruz do Senhor, és única esperança
No tempo da tristeza e da Paixão.
Aumenta nos Cristãos a Luz da Fé,
Sê para os homens o sinal de PAZ

LITURGIA DAS HORAS-QUARTA FEIRA SANTA

18 de março de 2008

TRÍDUO PASCAL












ORAÇÂO

Senhor, ensina-nos a viver e a celebrar dignamente o Mistério Pascal,
Domingo após Domingo,
Páscoa após Páscoa.

Ensina-nos, sobretudo a ter tempo para te dar e para dar aos outros,
para Te dizer e para tu nos dizeres e,
juntos, nos dizermos uns aos outros:
-Passa outra vez, Senhor. Dá-nos a mão. levanta-nos.
Não nos deixeis ociosos nas praças, sentados à beira dos caminhos : sonolentos, desavindos, a remendar bolsas ou redes.
Sacia-nos.
Envia-nos, Senhor e partiremos o Pão, o Perdão...
Até que em cada um de nós, nasça um irmão.

Oração extraída do livro "Formação Cristã-Catequese de Adultos" da Diocese da Guarda-1º Tema

O PAI É A FONTE E O FIM DA LITURGIA

A liturgia é antes de tudo, acção de Deus em favor dos homens.Haveremos, porventura, de mudar a nossa perspectiva e CONSIDERAR O CULTO COMO UMA resposta ao dom do Pai. O movimento é duplo: antes de tudo é descendente, porque Deus primeiro nos amou; depois é
ascendente, porque ele nos inspira a acção de graças, o louvor e a súplica.
O Mistério da Morte e Ressurreição de Jesus está também na origem, e é a causa da reconciliação com o Pai que, por Cristo e no Espírito, através da mediação da Igreja, nos perdoa os pecados.. Ao tomarmos consciência das bençãos do Pai sobre nós- o que acontece quando se proclama e escuta a Palavra- o nosso coração e a nossa mente,o nosso corpo e o nosso espírito hão-de querer prestar-Lhe um culto de gratidão.

CRISTO ESTÁ SEMPRE PRESENTE NA LITURGIA DA IGREJA

A Liturgia cristã é única porque Ela é obra de Jesus Cristo!
Ele foi enviado pelo Pai para ser um de nós e para nos fazer entrar na comunhão eterna de Deus Uno e Trino. Cristo é que prestou-e PRESTA-AO PAI O CULTO PERFEITO.
Ele é que sabe glorificar o Pai dignamente e continua a Sua Liturgia no Céu.
Nós, aqui na terra, ANTECIPAMOS A LITURGIA CELESTE porque Jesus está no meio de nós e age connosco e por nós. Ele continua presente na Sua Palavra, sobretudo na celebração dos sacramentos, nos sucessores dos Apóstolos que actuam"na Sua pessoa" e, especialmente, na Eucaristia(Pão da Vida e Presença que se adora), onde nós celebramos por Ele, com Ele e nEle.
Inspirando-nos na Sacrosanctum Concilium,nn. 5 e 6, diremos que o Mistério Pascal(Paixão,Morte,Ressurreição e Glorificação de Jesus) é o vértice para onde conduz o Mistério de Cristo. Este engloba todos os acontecimentos da salvação, desde a incarnação até à consumação dos tempos. A celabração deste Mistério na Liturgia, é manifestação do agir de Cristo que através da igreja, se torna presente e nos torna contemporãneos dos acontecimentos do Calvário, do sepulcro e do Cenáculo.

Ainda sujeitos á concupiscência e ao pecado, o mistério Pascal é rocha onde assenta a Fé e a Esperança. É também símbolo do amor de Cristo na obediência ao Pai. Quando os FÍEIS PARTICIPAM NA LITURGIA da Igreja, manifestam ainda o desejo de transformação do seu corpo, para serem definitivamente CONFIGURADOS À IMAGEM DO CORPO GLORIOSO de
Jesus Cristo.
Jesus Cristo atrai-nos a partir do Seu Mistério Pascal para nos irmos tornando com Ele imagem da Páscoa.
À maneira da Igreja-Corpo de Cristo-o destino do nosso corpo humano é vir a ser um corpo espiritual e glorioso.
O mistério Pascal é, pois,a chave de interpretação de todas as celebrações litúrgicas, especialmente a Santa Liturgia da Missa onde se dá a antecipação da Celebração celeste entre Anjos e Santos
*O Dia de Páscoa é o Domingo seguinte á primeira lua cheia, após o Equinócio da Primavera

Texto extraído do livro"Formação Cristã- Catequese de Adultos, na diocese da Guarda-1º tema

DIA DO PAI

17 de março de 2008

CONDENAÇÃO DO FARISAÍSMO

Na sociedade que temos, fazia bem debruçarmo-nos nas passagens da Sagrada Escritura, tão actuais para os tempos de hoje e ponderá-las, creio eu.
CRISTO de ONTEM fala-nos HOJE e no FUTURO, com uma actualidade sempre recente, apelando, pela Sua infinita Misericórdia, à nossa conversão.

(MT 23,1-36; MC 12,38-409)
37-Mal Jesus tinha acabado de falar, um fariseu convidou-o para almoçar na sua casa; Ele entrou e pôs-se à mesa. O fariseu admirou-se de que Ele não se tivesse lavado antes da refeição.
39 O Senhor disse-lhe:"vós os fariseus, limpais o exterior do copo e do prato, mas o vosso interior está cheio de rapina e maldade.40 insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41 Antes, dai esmola do que possuís, e para vós tudo ficará limpo.
42 Mas AI DE VÓS, fariseus, que pagais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as plantas e descurais a justiça e o Amor de Deus! Estas eram as coisas que devíeis praticar e não aquelas.
43 AI DE VÓS, fariseus, porque gostais do primeiro lugar nas sinagogas e de ser cumprimentados nas praças!
44-AI DE VÓS, porque sois como os túmulos, que não se vêem e sobre os quais as pessoas passam sem se aperceberem!"
45 Um doutor da Lei tomou a palavra e disse-lhe:"Mestre, falando assim, também nos insultas a nós."46 Mas Ele respondeu:"AI DE VÓS, também, doutores da Lei, porque carregais os homens com fardos insuportáveis e nem sequer com um dedo tocais nesses fardos!
47 AI DE VÓS, que edificais os túmulos dos profetas, quando os vossos pais é que os mataram!
48 Assim, dais testemunho e aprovação aos actos dos vossos pais, porque eles mataram-nos e vós edificais-lhes sepulcros.
49 por isso mesmo é que a sabedoria de Deus disse:"hei-de enviar-lhes profetas e apóstolos, a alguns dos quais darão a morte e a outros perseguirão, 50 a fim de que se peça contas a esta geração do sangue de todos os profetas, derramado desde a criação do mundo, 51 desde o sangue de Abel até ao sangue de Zacarias, que pereceu entre o altar e o sangue. Sim, Eu vo-lo digo, serão pedidas contas a esta geração.
52 AI DE VÓS,doutores da Lei, porque vos apoderastes da chave da ciência:vós próprios não entrastes e impedistes a entrada àqueles que queriam entrar!"
53 Quando saiu dali, os doutores da Lei e os fariseus começaram a pressioná-lO fortemente com perguntas e a fazê-lO falar sobre muitos assuntos, armando-lhe ciladas e procurando apanhar-Lhe alguma palavra para O acusarem.

da SAGRADA ESCRITURA

JOGADOR DE DEUS

Desde pequenino me senti atraído por Jesus.A minha família era tradicionalmente cristã. Ao mesmo tempo gostava de jogar futebol. E era o capitão da selecção da minha aldeia.A minha vida estava dividida entre dizer"Sim" a Jesus e ao futebol.
Um dia estava com a minha namorada e quando a beijei não senti nada. Naquele momento apenas pensava em Jesus e disse-lhe que estava a ser infiel. Não com outra rapariga, mas que em breve a ia trocar por Jesus Cristo. Já há muito tempo que tinha decidido ir para o seminário.Por isso só me restava esperar pela altura certa.
O meu treinador dizia que eu seria um bom jogador e que poderia ter um bom futuro; o meu professor de matemática queria que eu continuasse os meus estudos para não perder a bolsa de estudo e entrar na universidade.
Mas eu tinha mesmo decidido ser sacerdote missionário. Agora sou um jogador de Deus,vestindo a camisola de Jesus Cristo que dá sabor à nossa vida.
Sinto-me totalmente realizado na minha vocação. Dou graças á Santíssima Trindade por ser tão boa para mim.Um missionário tem de se sentir realizado na sua vocação e estar disponível ao que o Espírito Santo quer realizar na nossa vida"

Padre Marco,missionário em Angola

HOJE APRENDI

Hoje aprendi que não devo meter-me onde não sou chamada. Porque assim é, pois já estou acostumada, muitas das vezes confundem humildade com orgulho ao apresentar a nossa decisão pelo sim ou não. Muito me custou aquela minha resolução bem como a apreciação feita. Mas como só Tu conheces o íntimo dos corações, sê o juiz em minha causa própria na devida altura. Eu remeto-me ao silêncio e o futuro não me pertence. Mas se optares pelo silêncio e não me justificares, fico em pé de esperança.Sei que não abandonas os puros de coração nem os rectos do e no Amor, mesmo quando ele é travesso. É este o meu caso.Aguenta Rosarito!

DEIXAI-ME VIVER

A tua benção, mãe!
No teu ventre me encontro.
microscópico mas pronto
a crescer...
se tu me deixares viver.

Mas...antes de mais,
fala-me dos veros sinais
desta encarnação?!

Amor?
Prazer?
Leviandade?
Violação?
Egoismo deformador?

Seja como fôr.

Qualquer que seja a verdade
não me queiras suicidar.
Não sejas osso duro de trincar...
A vida em primeiro lugar.

Eu existo,
sou uma unidade,
uma parcela da humanidade
desde a minha concepção.

Vem longínqua a idade da razão.
Mas...Deus pensa em mim
desde toda a eternidade!...

Como tal, tens obrigação
de me dares a liberdade
desde o instante em que nasci,

a um dia sair de ti
para ver a luz, o luar,
o dia, a noite,
as estrelas e o mar,
numa decisão que me afoite.

Quero na vida
encontrar o teu olhar,
descobrir,no teu bejar
a força do verbo Amar.

Não sou bola de ping-pong na política.
Sou agente da moral,
chama duma FÉ que implica
uma posição exigente
e um carácter radical.

Não queiras matar-me.
Não queiras abortar-me.
Não queiras impôr
a pena de morte a um inocente.

Deixa-me aparecer,
crescer,
orgulhar-me de ter Mãe
que me fecundou,
me exultou,
pelo ser humano que sou.

Nesta hora pendente
do senso do teu coração,
sou fruto do teu ventre.

Não importa suportar:
a miséria,indigência,
a carência,
o abandono, a rejeição...

Aceito os planos de salvação
e vai pela vera razão do viver.

Mesmo sem o teu querer
deixa-me nascer.

A seu tempo
serei o rebento,
a mais bela flor nascida
alegrando a tua vida
entre adubos acrescida.

Não me destruas.
Quero antes que constuas
comigo e por mim
a unidade afim
com DEUS, que resista
nesta sociedade egoista.

Na luta entre o bem e o mal
sê altruista
e luta pelo prémio vital.

Dá-me a consolação
do milagre da criação.

de Maria do Rosário Guerra

MÚSICA É VIDA


16 de março de 2008

PÁSCOA-HINO

(pintura a óleo)



Senhor Jesus,
ressuscitado
e vivo para sempre,
vem encher-me inteiramente,
para que a minha vida seja reflexo da Tua Vida.

habita em mim,
e então eu poderei brilhar como Tu,
ser á minha volta
uma luz para os outros.

Brilha através de mim
e, todos aqueles que eu encontrar,
poderão sentir a Tua presença.

E és Tu que, através de mim,
iluminarás os que me rodeiam.

Senhor Jesus,
ressuscitado
e vivo para sempre,
vem encher-me todo interiormente,
para que a minha vida seja um reflexo da Tua vida

de Cardeal J.H. Newman

15 de março de 2008

A CONFISSÃO E A PAZ

"Sou uma jovem de 17 anos.
Desde os 11 aos 16 vivi num inferno, com a minha alma sobrecarregada. Durante estes cinco anos vivi afastada de Deus. Embora soubesse que andava em pecado, tinha certo receio de fazer uma confissão bem feita.
Tive possibilidade de ir a uma aldeia próxima da minha, onde me aproximei de Deus e me confessei como deve ser através de um sacerdote onde Jesus estava presente.
Agora, que fiz uma confisão bem feita, sinto-me feliz por o ter conseguido. estou no céu.
Também vós, jovens da minha idade, mais novos ou mais velhos, podeis fazer como eu, se vos encontrardes inquietos e atormentados na consciência.
Sem vontade nada se faz, mas se tiverdes coragem e Fé, o Senhor ficará contente ao reconhecer a vossa mudança de vida".
O que esta jovem sentiu é confirmado por muitos outros testemunhos...
O romancista húngaro Jókai, apesar se protestante calvinista, escreveu no seu livro, " A menina de olhos cor do mar", estas insuspeitas palavras: A igreja católica tem uma instituição tão sublime, tão consoladora, que poderia conquistar-lhe todo o mundo: onde quer que haja homens que sofrem, homens atormentados por algo mais que um golpe ou uma mordedura:-É a CONFISSÃO.
Foi grande o erro de João Calvino (fundador do protestantismo em França), não a conservar para os aderentes a esta seita.João Calvino não conhecia os corações".
O poeta Clemente Brentano vivia em contínuo desassossego. Certo dia contou à poetisa Luísa
Hensel que a tristeza nunca o deixava. Ela aconselhou-o a ir confessar-se. Assim o fez e, daquele dia em diante, voltou a sentir a paz e a tranquilidade.
Henrique Ghéon, convertido francês, conta:"com a cabeça apoiada nas mãos: falo, deixo correr o tropel dos meus pecados.À medida que os vou confessando, eles vão-se embora, deixam -me....Confiei tudo a um homem e Deus ouviu-me. Tenho menos vinte anos de pecado! Uma Alegria inédita arrebata-me.Corro, voo, não sinto o corpo! "

de Padre Fernando Leite

14 de março de 2008

SURREXIT DOMINUS VERE !





Que a voz angustiada do pagão
silencie, ou antes, emudeça.

Que fale alto o Povo REDENTOR.
Que pelo Conhecimento engrandeça
o Dia há tanto suspirado,
qual fruto do LIBERTADOR.

O Verbo Divino, de nome JESUS,
pelo PAI á terra enviado,
tornou-se Verdade, Vida e Luz.

Ao revelar-se num Amor consumado,
por entre segredos inefáveis,
misteriosos e infindáveis...
avulta num apogeu de Glória.

Ao deixar-se pregar numa cruz...
aí morreu e depois foi sepultado.
Mas ao terceiro dia, Ressuscitado...
venceu a morte.Foi a Sua VITÓRIA.

Ó! Todo o coração se incline
em Accção de Graças impregnado
numa FÉ credível e portentosa!...

Pois o SANTO humanado
não precisou do sepulcro selado
nem temeu, tão pouco, o guarda velado.

E naquela manhã radiosa
Ressuscitou por SI e se assumiu.
Num Corpo resplandecente,
sem sinais de martírio...Ressurgiu
na Paz, entre júbilos, exaltada.

Ó milagre de foro independente!
Ó sublime Primavera Renovada!

Naquela manhã rosácea, a florir,
as mulheres, no sepulcro viram surgir
um Anjo celeste, que a sorrir
alegre e calmamente lhes confirmou:

"Sossegai,pois que ninguém O roubou!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!
O MESTRE, o AMIGO, RESSUSCITOU" !

de Maria do Rosário Guerra e Graça

13 de março de 2008

DIA DO PAI - 19 de Março



(Clique na imagem para ampliar)

CÂNTICO EVANGÉLICO-MAGNÍFICAT


pintura a óleo

A minha alma glorifica o Senhor *
e o meu espírito se alegra em Deus , meu Salvador.

Porque pôs os olhos na humildade da Sua serva:*
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada
todas as gerações.
O Todo Poderoso fez em mim maravilhas.*
Santo é o Seu nome.

A Sua misericórdia se estende de geração em geração
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do Seu braço*
e dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos*
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens*
e aos ricos despediu de mãos vazias.
Acolheu a Israel, seu servo,*
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais,
a Abraão e à sua descendência para sempre.

Glória ao Pai e ao Filho*
e ao Espírito Santo,
como era no príncipio,*
agora e sempre.Amen.

A Beleza e a Realeza do Rosário


Pintura a óleo

(Clique na imagem ver em tamanho normal)

10 de março de 2008

MISTÉRIOS DA INFÂNCIA DE JESUS

1º mistério-A ANUNCIAÇÃO
A Santíssima Virgem mantinha-se tão pequenina,tão recolhida em face de DEUS,no segredo do templo,que atraía as complacências da Santíssima Trindade...O Pai inclinando-se para esta criatura tão bela,tão ignorante da sua beleza,quis que fosse a Mãe no tempo d'Aquele de quem Ele é o Pai,na eternidade.Então o Espírito de Amor,que preside a todas as operações de Deus,sobreveio-lhe;e a Virgem diz o seu FIAT:"Eis a serva do Senhor,faça-se em mim segundo a Vossa palavra", e assim se realizou o maior dos mistérios.E, pela descida do verbo nela,Maria ficou para sempre cativa de Deus.(CF39)
2º mistério-A VISITAÇÃO
Quando leio no Evangelho"que Maria percorreu diligentemente as montanhas da Judeia"para ir cumprir o seu ofício de Caridade junto a sua prima Santa Isabel,vejo-a passar tão bela,tão calma,tão majestosa,tão recolhida interiormente,com o Verbo de Deus.(U R 40).
Uma alma unida a Jesus é um sorriso vivo que O manifesta e O dá. (Ct232)
3º mistério-O NASCIMENTO
Fiquei no coro cam a Santíssima Virgem,esperando o Divino Menino que esta vez vai nascer não mais num presépio mas na minha alma,nas nossas almas,porque é o Emanuel, o"Deus connosco"...
Parece-me ouvir os anjos cantar o seu doce cântico:"Alegremonos,um Salvador nos foi dado(Ct187)
Aquele que adoram os anjos
está nos pobres paninhos.
Posso duvidar do seu Amor
tão bem provado neste belo dia?

Ó mistério incompreensível,
Jesus , o Forte,o Todo Poderoso,
o Deus escondido,o Inacessível,
para nós se faz pequenino.
4º mistério-A APRESENTAÇÃO NO TEMPLO
E para Te pagar o teu amor
dou--me a Ti para sempre.
Ia fazer 14 anos, quando um dia, durante a minha acção de graças,me senti irresistivelmente levada a escolher Jesus para único esposo,e sem demora,uni-me a ele pelo voto de virgindade.Não nos dizemos nada,mas damo-nos um ao outro,amando-nos tão fortemente,
que a resolução de ser toda d'Ele se torna em mim ainda mais definitiva.(R30-31)
5º mistério-A VIDA ESCONDIDA EM NAZARÉ
Com Teu Filho, Mãe muito querida
quero levar uma vida muito escondida,(P2)
O lugar onde o Filho de Deus está escondido é o seio do Pai...o que fazia dizer a Isaías:"Vós sois verdadeiramente um Deus escondido".E,contudo, a sua vontade é que estejamos fixos n'Ele,que moremos onde Ele mora,na unidade do Amor...(CF1)
É aí,bem no fundo,no Céu da minha alma que gosto de encontrá-lO,pois Ele nunca me abandona."Deus em mim,eu n'Ele".Ó! É a minha Vida!...

Frutos destes mistérios-Viver cada vez mais unida a Deus,procurar fazer cada vez melhor o que Lhe agrada,reconhecer a nossa pequenez e não nos preocuparmos demasiado connosco,fazer da nossa alma um abrigo para Jesus descansar,intensificar no coração a verdadeira morada dum Tesouro escondido.

TEXTOS EXTRAÍDOS de temas da BEATA ISABEL DA TRINDADE

9 de março de 2008

AJUDA ESPIRITUAL

Todo o ser humano sente em si como que um apelo à eternidade e um chamamento à Sua semelhança.A vontade pessoal é muito importante mas não basta.O mais importante é o encontro com Deus, procurá-lO, beber nas Suas fontes de Amor e conseguirmo-nos conjugar nEle, Amando.
No Baptismo recebemos o Espírito Santo de Deus(cfr.Act2, 38) com os Seus respectivos dons .
São eles,em número de sete, que nos vão ajudar a crescer em Sabedoria, Graça e Idade.(cfr.Lc.2.40) coadjuvados com outros meios-os Sacramentos e a Sua Palavra- Bíblia. Deus também coloca junto de nós Sacerdotes e Acompanhadores espirituais, sempre disponíveis para ajudar no percurso dessa vida de intimidade.
Um programa nos é dado por S. João"Que Ele cresça e que eu diminua(cfr.Jo3,30)
Após a Ressurreição, Jesus apareceu aos peregrinos de Emaús, que vinham de Jerusalém duvidosos na sua Fé. Com esta companhia , enquanto Ele lhes falava, recuperam-nA . Convida-os a acreditar na Palavra que lhes anuncia e de tal forma, que Lhe pedem"Fica connosco"(lc24,29).
Neste contacto Jesus abre-os ao Amor.
O acompanhamento espiritual leva-nos ao fortalecimento da Fé, à credibilidade da Palavra, à disponibilidade do nosso coração, à aceitação da nossa vida conforme à vontade divina, sejam quais forem as situações e os planos orientadores .
Todos os grandes santos tiveram a necessidade de uma boa ajuda espiritual.Quanto mais nós,
simples ignorantes,não havemos de precisar dela? Peçamos a Deus essa ajuda e uma vez conseguida essa Graça, sejamos humildes,tornemo-nos fortes na obediência,procurando declinar a nossa vontade num esforço permanente de docilidade ao Espírito Santo.Através duma justa ajuda fraterna,tornar-nos-emos no Homem Novo.
Se muitos jovens e adolescentes estão hoje longe de Deus e enterrados no vale de lágrimas é porque lhes faltou um verdadeiro companheiro espiritual.
Quantas vocações missionárias e religiosas não surgiriam se muitos dos jovens crescessem com acompanhamento espiritual?!
Muitos jovens esquecem Deus bem cedo porque lhes faltou muitas dessas ajudas na hora do combate.
A quantos jovens, na hora crítica, foi lembrada, pelo testemunho, a nossa condição de BAPTIZADOS, Filhos de DEUS e da Mãe Igreja?

de Maria do Rosário Guerra e Graça

Mensagem de D. Manuel da Rocha Felício, para a Quaresma de 2008


Quaresma, tempo para redescobrir a nossa identidade cristã

“Damos graças a Deus por mais uma Quaresma que Ele nos oferece para aprofundarmos a experiência do Seu Amor e da Sua Misericórdia e para, diante da Pessoa de Cristo, Morto e Ressuscitado, assumirmos mais e melhor a nossa identidade e as nossas responsabilidades de cristãos.
O Santo Padre, na sua mensagem para este tempo, começa por nos lembrar o seguinte: “A Quaresma oferece-nos uma providencial ocasião para aprofundarmos o sentido e o valor do nosso ser de cristãos”. E, no discurso que dirigiu aos bispos portugueses em visita ad limina, convida-nos a rever “a eficácia dos actuais processos de iniciação cristã”, com o objectivo determinante de conduzir ao estatuto de cristão adulto, pelo qual cada um de nós dá à sua vida uma orientação autenticamente eucarística e fica capaz de dar razão da própria esperança, de modo adequado aos novos tempos. Voltando à mensagem do Santo Padre para a Quaresma, aí ele convida-nos, de forma incisiva, à conversão pela prática da esmola.

Também nós, cristãos e comunidades cristãs da Diocese da Guarda, queremos aproveitar a Quaresma para responder com coragem a estes apelos do Papa. Assim:

1 - Queremos fazer do Tempo da Quaresma um tempo de conversão a Jesus Cristo e n´Ele à nossa profunda identidade de Seus discípulos e membros do Seu corpo que é a Igreja. Principalmente pela leitura mais assídua da Palavra de Deus, pela aceitação das propostas de catequese e formação cristã que são feitas nas nossas Paróquias para todas as idades, pela participação cuidada nas celebrações litúrgicas, a começar pela Eucaristia Dominical, queremos preparar-nos para fazer com verdade a renovação dos nossos compromissos baptismais na próxima Vigília Pascal.

2 - Queremos que esta Quaresma e o Tempo Pascal que se lhe segue sejam oportunidade bem aproveitada para conhecermos e aplicarmos com mais coragem e determinação as Orientações pastorais para a Iniciação Cristã publicadas em Outubro passado para serem levadas à prática em toda a nossa Diocese. Esperamos que as jornadas pastorais por Arciprestado que estão a ser agendadas para o Tempo Pascal possam constituir resposta pronta ao apelo do Santo Padre para revermos a Iniciação Cristã que está a ser feita nas nossas comunidades.

3 - O Santo Padre propõe a prática da esmola como sendo a grande forma de todos nós cristãos e comunidades cristãs cumprirmos a verdadeira conversão a Cristo e aos irmãos, nesta Quaresma. A esmola é expressão concreta da caridade cristã, mas também é oportunidade para exprimirmos a verdade mais profunda da nossa identidade de homens e mulheres. De facto, como lembra o Papa, citando a II Cor. 5,15, “Fomos criados para vivermos não para nós, mas para Deus e para os irmãos”.

A prática da conversão cristã, através da esmola, costumamos vivê-la na renúncia quresmal.

Este ano queremos dar duas finalidades à nossa renúncia quaresmal: 1ª) Combater o sofrimento de milhares de moçambicanos que foram afectados pelas cheias, através da Caritas Diocesana da Guarda e respondendo ao apelo do Bispo da Diocese da Beira, em Moçambique, D. Jaime Gonçalves. Segundo os últimos balanços feitos, as cheias, em Moçambique, afectaram 56 mil pessoas e destas 13 mil continuam desalojadas. 2ª) Fazer obras de adaptação no nosso Seminário Menor do Fundão, que tornem os seus espaços capazes de responder a duas necessidades da Diocese, a saber: a) Instalações condignas para residência e formação de algumas dezenas de seminaristas que frequentem o nosso Seminário Menor; b) Instalações funcionais para apoio pastoral à zona sul da Diocese, onde, como sabemos, se concentra quase metade de toda a população residente da mesma nossa Diocese.

Como sabemos, as instalações deste Seminário Menor do Fundão foram pensadas e preparadas para receber 300 alunos. Hoje as circunstâncias são diferentes e nós precisamos de cuidar também outros serviços eclesiais e ter para esse efeito espaços condignos, à semelhança do que já aconteceu no nosso Seminário Maior. Aí se fez uma adaptação das instalações para residência e formação dos alunos que frequentam o Instituto Superior de Teologia e também para vários serviços diocesanos.

Que Deus nos dê a graça de experimentarmos, nesta Quaresma, a autêntica conversão a Cristo e n´Ele à profissão da verdadeira Fé”.

8 de março de 2008

MARIA, A MÃE IMACULADA

pintura a óleo

Na Virgem Maria, a Cheia de Graça,
nA mais perfeita dentre as criaturas,
mora a indissolúvel Divindade.
(DEUS trino,na Santíssima Trindade)

Como Sol,por Ele enamorada,
partilhando os segredos das alturas,
deixa que a sofrível VONTADE se FAçA
pelo mistério da Encarnação,
sem que perca a Sua Virgindade.

Por mais que tente descortinar
a longitude desse Seu OLHAR
que tão carinhosamente me enlaça,
só meus limites consigo desfrutar.

Dentre imensos oceanos de luz
a simbiose TER,no Seu coração,
é sopro deificado do Amor.

MARIA,a mais inaudita FLOr,
é perla da mais excelsa brancura,
mais branca ainda que a neve pura.

Avé Maria!Avé Imaculada!
Dom místico do PAI Criador!...

Protegei-me,preservai-me do pecado,
conservai-me a Simplicidade
que por vezes,me faz tremer...
Mas convosco,sempre a meu lado
nada terei que temer.

Sede o Escudo, defensor da Verdade,
sede minha gruta, o meu portento,
na minha fraqueza,o meu alento.

És um perpectuar de Adoração,
Perene doar Reparador.
És seara donde a ESPIGA saiu
para se tornar nosso alimento.

Ó Virgem Bíblica, Vaso Sagrado,
que DEUS em Ti seja adorado
na SUA e Tua HUMILDADE,
pelos homens de Boa Vontade.

de Maria do Rosário Guerra e Graça
em 8-12-2008

De Leão XIII a Bento XVI

7 de março de 2008

CRUZ REDENTORA

pintura a óleo

Momento rasco e doloroso o Teu,
ó Meu querido e bom Jesus.
Numa Agonia que o céu escureceu
olho-Te, morrendo na Cruz,
suave,impávido, amoroso.

Ó TRINDADE, num CORPO encarnada...

Consubstancial que se multiplica...

Que me pega, envolve,santifica,...

Pudera eu também ser elevada
a levar o Madeiro como o Cireneu,
revoltado, mas prazenteiro.

Mas tal dita não tive eu...
Preferiste que o madeiro,
também fosse meu,
numa causa libertadora
ficando assim mais pesado.

Que fatídica hora
o caro resgate do meu pecado.

No teu corpo escavado,
redimiste sem demora
minha condição pecadora.

O sangue escorrendo
pelas faces esfaceladas
neste coração tão pesado ,
lavou o feio horrendo.

Ó Cordeiro, por mim imolado,
o lenho que vou transportando...
seja gratidão reparadora...
na Agonia sofredora.

Ó DEUS, Bondade Infinita,
obrigada por tão grande DITA!...

Doi-me a Tua Dor e Morte...
Mas exalta-me a Tua RESSURREIÇÃO.

Ó TRINDADE SUPREMA
Ó santidade BENDITA...
Ó HORA de SORTE..

Que toda a humanidade
aprofunde a VERDADE.
do mistério pascal,
edifique a imortalidade
de Cristo ,qual outro NATAL.

de Maria do Rosário Guerra e Graça

6 de março de 2008

QUERO CONFESSAR OS MEUS PECADOS

Sexta Feira Santa.Às três horas da tarde,o Missionário celebrara com os seus cristãos e não poucos infiéis de boa vontade, um acto comovedor próprio daquele dia e daquela hora..
Após esta cerimónia todos foram embora, excepto uma criança de côr.
Ouvira falar do Amor Infinito de Deus que morre pelas suas criaturas, por causa dos pecados por elas cometidos.
Anoitece.O Missionário continua na humilde capela a rezar,ajoelhado diante do Crucifixo .Por fim levanta-se e prepara-se para fechar a porta.Aproxima-se então um pretinho:
-Padre,vai-se embora?
-Vou,meu filho.Queres alguma coisa?
-Desejava que me deixasse aqui ficar ajoelhado diante do crucifixo.
-E que vais fazer?
-Quero chorar os meus pecados.Eu sei quanto O fiz sofrer e quero pedir muitas vezes perdão.
-Se estás arrependido e já confessaste os pecados com o propósito de não voltares a pecar,jesus já não se recorda deles e já te perdoou tudo.
-Eu sei isso.Eu sei que Jesus perdôa tudo, mas não fico contente só com isto.Quero chorar os meus pecados.
O missionário enternecido respondeu:-Está bem. Assim seremos dois, ao menos, a fazer companhia a Jesus e a Sua Mãe Santíssima.
No dia seguinte aquele menino de nove anitos, sentia-se feliz por ter dado uma satisfação a Jesus por todas as suas ofensas e foi para a sua palhota com o propósito firme de não O tornar a ofender.
Aquela alma branca num corpo negro compreendera bem a cerimónia sobre a Paixão de Cristo e o motivo da Morte do Redentor.

DANÇA DOS V.V-INTERNACIONAL DA MULHER



V é da Vida
que inova a Mulher
que se esquece.

Os VVV das vezes sem conta...
são estafetas em que trabalha
e se esfalfa.

A mulher...
no V da violetista mestra...
em silêncio, as cordas remove,
os muitos afazeres adestra,
alinhando os sons que volve.

No V da VIOLÊNCIA
Escuta o V da VOZ dolorosa,
conjugando a cabeça e os pés
para, em conjunto, surgir equilíbrio.

De forma maviosa
vai discernindo o V do vulgar
que no simples, mas invulgar,
vai lendo claro no escuro.

A mulher,esteja onde estiver
com os ouvidos da Vida
encontra a dor escondida
nos olhos da alma sofrida.

A mulher...
perdida em quatro paredes,
no V singelo da Verdade,
num branco sorriso de cal,
vela, dançando o V das voltas
nos espaços da solidão
e...com um "PORQUÊ"? nos braços.

Mas porque é mulher...
no V de vencer,
busca a força de fazer
sorrir o ccração,
de perdoar,
de se ofertar
e de nos seios envolver:
o sonho,o Amor, o sofrer,
a afronta, a alegria,
o desespero,
e o ensejo de libertação.

No V DO VOLUNTARIADO
está a VIRGEM MARIA
em quem DEUS acreditou
para MÃE do ADORADO.

Entre mil VVV de vivência
ainda está o da Vitória
que ao longo da História
proclamará a Existência
Do nome...

MULHER

8 de Fevereiro de 2008

de Maria do Rosário Guerra e Graça

EM REDOR DOS M M-INTERNACIONAL DA MULHER



M...da mulher
que madruga na manhã,
no meio dia
e no oculto pôr do do sol...

M...na magia da música
que modesta, pauta
o TUDO que faz...

M... da mãe que se esquece
na moção de entrega.

M...da mulher incógnita
24 horas na lida...

M...de malicia desconhecida,
M...de miséria e mágoa
que a mulher melodia
e metamorfiza em alegria...

M...da mulher
no modelo a corporalizar...
de multicolores arestas
num viver polivalente,

M...da Virgem Maria
que a Mulher enaltece
ao deixar,que nela,
encarne o Salvador.

M...no mar do Amor
na Mulher que nasce
para unir à terra o céu...
numa missão REDENTORA.

M... da mulher
que nos MM dos males , mastiga
o...M...das migas
amassadas com bagas de suor.

M...da Morte que levou o filho
e a põe a interrogar
o M...do mas?...

M...da mesada penada
e sem cheta gerada,
para comprar o pão
que embala a fome...

M...de mistura fina
da maldosa paz
por todos os povos,
entre ricos e pobres
que o M...mitiga a medo

M...da maltratada
numa sociedade egocêntrica.

M... da Mulher...
A MAIOR do mundo.
e pela qual
o fulgor do SOL,
se Ergueu da noite
no M... dum manso luar...

M da MAJESTOSA
Ufana e formosa
Livre,caprichosa,
Humlide no Amar
Especial fada do lar
Ressonância do querer...

MULHER...SÊ MULHER
Até o M do Mundo te CONHECER
e a NATUREZA, VIDA TIVER.

8 de Fevereiro de 2008

de Maria do Rosário Guerra e Graça

5 de março de 2008

Partilha


NO BERÇO DO DIA

P'lo sol,
brilhando já no céu...
Te louvo,Senhor e Deus meu,
por este novo dia
e que a noite teceu...

A brisa passando lenta,
seja luz que irradia
o amor na paz e razão
alentando o coração...

o meu
e de toda a multidão.

Feito
de tamanha beleza ...
tem vida a transmitir...
nesta manhã d'arrebol
dulcificando a cruz...

Em universal caminho
odor fraterno espalhando...
vai prosseguindo mansinho...
cada canto perfumando...

Com Jesus....
silente...actuando.

Ó dia ...
chegado ao horizonte...
leva o trigo ceifado.
Não o deixes pelo monte
pois pode apodrecer...

Queira o Senhor acolher
a labuta do servir
de cada qual ,sem fugir...
com talentos a render...

Unos...
cantemos de ALEGRIA.

Adaptado à música "canção de embalar" de Amadeus Mozart

de Maria do Rosário Guerra e Graça

4 de março de 2008

PURIFICAÇÃO?

Há dias em que me assemelho a restos de comida.Comem-se porque é pecado deitarem-se
fora.E os restos,afinal, são sinal de abundância
A cruz por vezes é mesmo espinhosa ao ponto de causar angústia.Ao mesmo tempo torna-se como que numa obra de Arquitecto com pilares de ligação ao infinito.A ansiedade de libertação,
do repouso, de cansaço, da insatisfação, do quanto se diz, pensa, ouve,escreve, faz, julga e até silencia, é tão volúvel ou místico, que só a angústia responde a certos estados de alma.
Até quando,Senhor, iremos com estes sinais de purificação? Ou ...tentação?
Sabe bem nestas horas recorrer ao SALMO 141:
Em alta voz clamo ao Senhor,em alta voz imploro o Senhor,ponho diante d'Ele a minha aflição,
diante d'Ele descubro a minha angústia.
Quando me desfalece o ânimo,Vós conheceis o meu caminho.Na senda que vou trilhando esconderam um laço.
Olhai à direita e vede; não há quem se interesse por mim, Não encontro refúgio, não há quem olhe pela minha vida.
Clamei por Vós, Senhor;disse:Sois o meu refúgio,a minha herança na terra dos vivos.
Atendei o meu clamor; estou reduzido à miséria. Livrai-me dos meua perseguidores; eles são mais fortes do que eu.
Tirai-me desta prisão e darei graças ao VOSSO NOME.
OS JUSTOS HÃO-DE RODEAR-ME, PELO BEM QUE ME FIZESTES.

de Maria do Rosário Guerra e Graça

Cruz da Vida

(Clique na imagem para ver no tamanho normal)

2 de março de 2008

DIA MUNDIAL DO DOENTE




Irmão que sofres
sem esconder a dor,

irmão que não choras
porque em silêncio, não incomodas;

irmão que sorris
para os outros não sofrerem;

irmão que recordas e cantas
a saúde de outrora;

irmão que ergues as mãos
em louvor da família que tens;

irmão que temes e prescrutas
a incompreensão dos outros;

irmão que te sentes só
pela falta de carinho e afecto;

irmão que te medicas
porque a vida é um dom;

doente que caminhas
sem que te falem do céu;

irmão que te alegras
quando te fazem uma festa;

irmão que esperas
pela resposta que nunca chega;

irmão que abafas um grito
quando a dor se torna CRUZ;

irmã sozinho e acamado
que esperas alguém por visita;

IIRMÃO!

És centro de sensibilidade,
eco na minha consciência.

Sofro pelos teus limites
e pelos meus egoismos ,
perante os teus anseios.

és o MAIOR tesstemnho da VIDA
na qualidade de sofredor,
é a mais BELA oração
que DEUS PAI,NOSSO SENHOR,
aceita pela conversão dum pecador.

OFERECE E AMA ESSE DOM.
ORAÇÃO
Em Ti , SENHOR, encontro as forças
para suportar as minhas dores, alegrias e tristezas.
Basta olhar para Ti, pregado na cruz
e saber que gozas da plena Alegria
da Ressurreição e subida ao céu. Amen.

de Maria do Rosário Guerra e Graça
11-2-2007