11 de abril de 2010

SABEI,SENHOR, MINHA VILEZA EXTREMA

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Sabeis Senhor, minha vileza extrema
De horror não tendes, de até mim descer!

Hóstia Divina, aspiração suprema
Vinde à minh’alma, que abraçar Vos quer.


Se eu neste abraço, oh meu Jesus, pudesse
Morrer de amor, morrer de puro amor
Ouvi, meu Deus, a minha ardente prece
Oh, vinde a mim, oh, vinde a mim, Senhor!

Como o veado que sedento corre
Das águas cristalinas ao frescor,
Assim eu corro a ti desfalecida
Com o teu pranto apago o meu ardor.

Do teu amor, as glórias quem me dera
Poder cantar aos Serafins com ardor.
Oh! Leva-me depressa para o teu seio
Pois meu desejo é morrer de amor!


Em teu regaço reclinada sinto
As harmonias do eterno altar
Oh! Dos salgueiros já retomo a lira
Pois só quero abraçar-Te sem fim.



S.Teresinha do Menino Jesus

(padroeira de todos os missionários)

2 comentários:

ALDEMIR disse...

OLÁ, VC REALMENTE É UMA FLOR, ESTOU AQUI NESTE MOMENTO TENTANDO PROCURAR A ORAÇÃO DAS VESPERAS DA LITURGIA DAS HORAS PARA O DIA 11/04/2010 PARA PREPARAR ALGUMAS CÓPIAS PARA MEU PADRE REZAR COM OS FIÉIS ANTES DA MISSA, O SITE LITURGIA DAS HORAS ORG ESTÁ FORA DO AR, MAS ENCONTREI SEU BLOG MUITO RICO EM LINDAS MENSAGENS, VOU ENTRAR DE VEZ EM QUANDO, PARABÉNS - ROSI

M. R. Guerra disse...

Quem como o santo que comigo diloga poderá transmitir o belo da vida? Mas a construção do mundo está na mensagem que cada um transmite à outra margem.Jesus, manso e humilde do coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso Bem haja. Rosário